E

Estrias

As estrias ocorrem quando há uma distensão rápida da pele, por aumento de volume (como por exemplo no aumento de peso e na gestação) ou crescimento. A pele não tolera o estiramento e forma uma lesão semelhante a uma cicatriz.

Predisposição genética e fatores hormonais podem influenciar o quadro.

As estrias recentes têm aspecto avermelhado, sem fibrose, e respondem melhor ao tratamento. Com o passar do tempo, tornam-se esbranquiçadas e observa-se a formação de fibrose. Nesta fase, as respostas aos tratamentos não são satisfatórias.

As estrias são mais comuns nos glúteos, abdome, coxas, flancos, mamas e braços.

Tratamentos

Os tratamentos têm como objetivo melhorar o máximo possível o quadro. É nítida a evolução favorável na textura e cor das estrias. Além do uso de hidratantes específicos, o médico dermatologista poderá indicar: