O

Olheiras

As olheiras resultam da combinação de pigmentação acastanhada e arroxeada, acompanhadas, em alguns casos, de edema (inchaço), flacidez, presença de bolsas de gordura ou aumento da profundidade do local (sulco pronunciado).

As causas são multifatoriais: excesso de melanina, vascularização aumentada no local (ou, às vezes, pele muito clara e fina, fazendo com que os vasos se tornem mais visíveis). Privação do sono, tabagismo, doenças alérgicas (como rinite alérgica e asma brônquica, por exemplo), anemia, podem agravar o quadro. A genética têm papel importante na característica das olheiras.

O médico dermatologista saberá indicar os melhores tratamentos, já que os mesmos variam de acordo com as causas, fatores desencadeantes e características de cada quadro. Identificar bem estes aspectos é fundamental para o sucesso do tratamento.

Tratamentos

Os seguintes tratamentos podem ser utilizados isoladamente ou em combinação:

  • Preenchimento com ácido hialurônico: para a melhora da profundidade do local;
  • Laser NdYag 1064nm: para melhora da pigmentação e dos vasos, além de auxiliar na produção de colágeno;
  • Laser de CO2 fracionado e Indução Percutânea de Colágeno com Agulha (IPCA®): para melhora da flacidez, estímulo da produção de colágeno e melhora da textura da pele.